Whitehaven, novo livro de Marcia Villaça da Rosa


A jornalista e escritora Márcia Villaça da Rosa, 51 anos, lançou  em agosto deste ano de 2019 o livro Whitehaven, publicado pela editora Matarazzo.

A obra é uma compilação de poemas da autora - alguns já publicados nas obras Santa Clara (editora Nelpa, 2019), Sacre Coeur (editora Essencial, 2017), mas com poemas inéditos como Cristo Rei e Espólio de Um Poeta.
"Eu procuro trabalhar com a poesia para melhor me expressar, porque linguagem, escrita e conhecimento caminham em um mesmo sentido, sendo necessário desenvolver-se na habilidade de escrever para melhor me posicionar em um mundo cada vez mias virtual e tecnológico, com o advento das mídias sociais e da "globalização", declara a autora.
Além de poemas, o livro também parte para um trabalho de pesquisa e investigação sobre museus, roteiros literários e outras atividades as quais pode ser um escritor ou autor impulsionado, no momento de se desenvolver.
Em Whitehaven, a autora trabalhou com espaços culturais tais como - A Casa de Shakespeare, na Inglaterra; o Museu Monteiro Lobato, situado em Taubaté; Keats & Shelley Museum, Roma, Itália; Casa de Giacomo Leopardi, Itália e O Castelo de Chillon, Suíça - uma incursão pelo ultrarromantismo preconizado por autores como Lord Byron e Percy Shelley , entre outros.
"É preciso se investir mais em cultura, em um país que infelizmente ainda tem baixo índice de leitura e taxa de analfabetismo estimada em 11 milhões de pessoas", finaliza Márcia Rosa.

Comentários