Foto histórica na Biblioteca Raul Bopp reunirá escritoras e poetas

 


Anote na agenda: no sábado, 6 de agosto, às 16h30, será registrado um clique especial das escritoras e poetas, na escadaria da Praça Jorge Curi, na Aclimação.

A adesão é voluntária e espontânea.

A inclusão é para todas: que tenham publicado livros solos ou coletâneas, nas redes sociais, internet, lambe-lambe ou outras plataformas. 

A inclusão é para todas: que tenham publicado livros solos ou coletâneas, nas redes sociais, internet, lambe-lambe ou outras plataformas.

O início do movimento da foto histórica das escritoras brasileiras é da jornalista e escritora Giovana Madalosso, inspirada na ideia da foto de “Um grande dia no Harlem”, de Art Kane, feita em 1958 com grandes personalidades jazzistas do momento.

O projeto “Um grandedia por aí” surgiu para celebrar a escrita feita por mulheres, dar visibilidade e protagonismo. A primeira foto histórica foi feita no último dia 12 de junho na Feira do Livro, no estádio do Pacaembu, na capital paulista. Na mesma data, grupos de escritoras brasileiras se reuniram em inúmeras cidades e no exterior para fazerem seus cliques. Foi lindo ver a união das mulheres através da força da literatura!

E o movimento segue florescendo. 
Para quem não teve a oportunidade de participar das fotos do dia 12 de junho, agora poderá ter a chance.

Após o evento, a foto ficará disponível para download gratuito no blog do Coletivo São Paulo de Literatura.

O Coletivo Paulisséia também fará fotos e filmagem de drone.

Escadaria da Praça Jorge Curi na Aclimação,
onde será tirada a foto histórica das escritoras e poetas.
Foto: Thais Matarazzo


Biblioteca Raul Bopp
Rua Muniz de Souza, 1155, Aclimação, São Paulo, SP
Tel.: (11) 3208-1895
bmraulbopp@gmail.com

Foto tirada na Feira do Livro, no Pacaembu.
No último dia do evento, 12 de junho, foi tirada a foto histórica das escritoras.
Na foto, algumas das participantes, Cris Arantes, Glafira Menezes Corti, Bia Salles e
Amanda do Papel.Mulher, Ana Meira e Thais Matarazzo.
Foto: Gilberto Cantero






Comentários

Postar um comentário